Ícone Consulta NFe

Notícias > Genéricos lideram prescrições pela primeira vez

Genéricos lideram prescrições pela primeira vez

Genéricos lideram prescrições pela primeira vez

Pela primeira vez, no período de 12 meses encerrado em fevereiro deste ano, os medicamentos genéricos ultrapassaram os de referência em número de prescrições, com 34% das 115 milhões de receitas emitidas. O levantamento é da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (PróGenéricos), que levou em consideração dados do Close-Up International, instituto que faz auditoria do receituário apresentado em farmácias de todo Brasil.

No total, foram emitidas 38.763.225 receitas que apontavam os genéricos como primeira indicação. Fármacos similares (38.210.558) e de referência (38.094.583) somaram 33% das prescrições cada. De acordo com a presidente da PróGenéricos, Telma Salles, esse crescimento está relacionado a uma maior aceitação dos profissionais da saúde. “A resistência do médico foi diminuindo por conta da qualidade, eficácia e segurança dos genéricos, que vem se comprovando ao longo do tempo”, diz.

No grande varejo farmacêutico nacional, os genéricos também registram viés de crescimento no mesmo período. De acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), foram comercializadas 349,5 milhões de medicamentos da categoria, índice 5,4% superior ao dos 12 meses anteriores.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Comentários